O fumo e os perigos
21 de novembro de 2016
Saiba quais os 5 procedimentos cirúrgicos mais realizados entre 2015 e 2016!*
24 de março de 2017

4 pontos para refletir antes de realizar uma Cirurgia Plástica

Você sabia que 92% das mulheres não estão satisfeitas com o seu próprio corpo? Sempre há alguma coisa, por menor que seja, que elas mudariam no visual para se sentirem melhor.

Algumas mudanças podem ser conquistadas através de hábitos saudáveis, como por exemplo, incluir a prática regular de atividades físicas na rotina, reeducação alimentar e, em alguns casos, realizar algum tratamento estético minimamente invasivo.

Entretanto, outros incômodos estéticos só podem ser recuperados através de uma intervenção cirúrgica. Por isso, existem aqueles que optam diretamente por cirurgias plásticas para corrigir o que não lhes agradam.

Pensando nisso, preparei este artigo com 4 pontos essenciais para refletir antes de realizar uma Cirurgia Plástica, confira:

  1. Escolha um bom profissional!

    Planejar uma Cirurgia Plástica é muito mais do que decidir qual parte do corpo você deseja mudar. A escolha do profissional especialista e capacitado é essencial para aconselhar sobre qual procedimento é o mais indicado para as suas necessidades, oferecer uma maior segurança no procedimento e garantir bons resultados após a realização da cirurgia.

    Lembre-se: Profissionais experientes têm mais chances de alcançar melhores resultados.

  2. Expectativa X Realidade

    Se você deseja fazer uma Cirurgia Plástica para ficar parecida com alguém que você ache um modelo de beleza, só servirá para alimentar as suas frustações.

    Cada pessoa possui uma estrutura corporal única e com a cirurgia é possível aperfeiçoar e modificar os aspectos estéticos conforme as condições e limites do organismo. Por isso, a relação médico e paciente deve ser de confiança para não gerar uma expectativa irreal.

  3. A melhor idade é quando há uma real necessidade

    O período da adolescência é marcado por diversas transformações corporais, hormonais e comportamentais. É quando ocorrem os primeiros sinais de insatisfações e dúvidas.

    Neste caso, é necessário avaliar o tipo de cirurgia que a adolescente deseja e a real necessidade física do resultado. Por exemplo, a redução das mamas e a rinoplastia são procedimentos que corrigem também algum problema funcional, por isso, não é necessário esperar chegar à fase adulta para se submeter a cirurgia.

  4. Toda cirurgia deixa uma cicatriz

    Não tem jeito, a cicatriz é um sinal inevitável após uma Cirurgia Plástica. Porém, essas marcas podem ficar discretas ao ponto de passarem despercebidas. A aparência final da cicatriz vai depender de alguns fatores, como: a genética do paciente, a técnica cirúrgica aplicada e os cuidados pós-operatórios.

Por isso, seguir as recomendações pós cirúrgicas do seu médico é imprescindível para uma cicatrização bem-sucedida.

Gostou dessas dicas? Então acompanhe nosso facebook e instagram para receber mais novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *