Contorno Corporal
LIFT DE COXAS

Este procedimento cirúrgico também é conhecido como Cruroplastia ou Coxoplastia. É indicado para as pessoas que desejam remover o excesso de pele e de gordura na parte interna das coxas. Esse acúmulo indesejado de tecidos nessa região do corpo costuma causar irritações locais frequentes (dermatites) provocadas pelo atrito durante o simples ato de caminhar. Dificulta ainda a prática de exercícios físicos e o uso de calças mais justas. Alguns pacientes também se sentem constrangidos em usar trajes de banho e roupas íntimas.

Os pacientes que possuem um pequeno excesso de gordura na parte interna das coxas sem flacidez de pele podem ser beneficiados com lipoaspiração da região. No entanto, à medida que o acúmulo local de gordura aumenta e a pele fica mais flácida, o tratamento ideal é a associação de lipoaspiração e ressecção do excesso de pele. O comprimento e padrão de incisão dependerá da quantidade e localização do excesso de pele a ser removida, assim como da preferência pessoal do paciente e do julgamento técnico durante a sua consulta. As incisões são normalmente feitas na área da virilha e podem estender-se inferiormente para a parte interna da coxa e joelho a depender de cada caso.

Os exames pré-operatórios incluem: sangue, urina, radiografia de tórax, eletrocardiograma.

As anestesias mais frequentemente utilizadas são: peridural ou geral.

A duração média da cirurgia é de 2 a 4 horas, com internação por 24 ou 48 horas. Ao final da cirurgia, haverá drenos (temporários) e curativo compressivo. A paciente terá alta usando cinta modeladora, e manterá o uso da mesma por 60 dias.

Geralmente, o pós-operatório é pouco doloroso utilizando-se os analgésicos prescritos e obedecendo-se às recomendações médicas. Alguns pacientes podem se queixar de certo desconforto durante o caminhar. Requer um repouso de 15 a 20 dias, podendo após esse período retornar ao trabalho. As atividades que exijam esforço físico podem ser retomadas após cerca de 30-45 dias. Os pontos são retirados de 15 a 20 dias.

Perguntas Frequentes

A ressecção de pele na coxa está sempre indicada?

Não. Nos casos em que não há flacidez de pele, a lipoaspiração da parte interna das coxas pode alcançar bons resultados. E as cicatrizes pequenas (0,5-1cm) são posicionadas em locais que ajudam a disfarçá-las.

As cicatrizes do Lift de coxas são muito visíveis?

Como foi dito acima, as cicatrizes são planejadas para ficarem nas dobras das virilhas e, em alguns casos, na parte interna das coxas podendo chegar até o joelho dependendo da quantidade de pele que precisa ser retirada. As cicatrizes nas virilhas geralmente podem ser escondidas pelos trajes de banho.

É verdade que as cicatrizes da parte interna das coxas têm maior tendência a alargarem?

É sim. A simples ação de caminhar no pós-operatório provoca uma tração nas cicatrizes da parte interna das coxas, alargando-as. Para diminuir essa tendência recomendamos evitar movimentação e abertura excessivas das pernas nos primeiros meses após a cirurgia.

Quais complicações podem acontecer?

Deiscências de sutura (abertura precoce dos pontos), seroma (acúmulo de fluido claro), hematoma (acúmulo de sangue), infecção, diminuição da sensibilidade (temporária na maioria das vezes), cicatrizes hipertróficas/queloides.

Todos os Procedimentos