Contorno Corporal
LIPOASPIRAÇÃO

É uma das cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil. Trata-se da retirada daquelas “gordurinhas” indesejadas de áreas específicas do corpo através de sucção por cânulas delicadas. Esta técnica, bastante conhecida e divulgada, foi desenvolvida nos anos 80 pelo médico francês Dr. Yves Illouz. Desde então evoluiu bastante, tornando-se muito menos traumática, proporcionando um melhor remodelamento das áreas aspiradas e uma recuperação mais rápida.

Existe uma certa confusão para o público em geral quando se fala em lipoaspiração, já que são utilizados muitos termos diferentes relacionados a este mesmo procedimento. Isto ocorre, principalmente, no que diz respeito aos tipos de cânulas utilizados. Se um cirurgião plástico usa as cânulas tradicionais (lipoaspiração padrão) ou as cânulas assistidas por recursos adicionais (como vibrações contínuas, ultrassom, ou laser) não há diferença. Estas são apenas as ferramentas. Cada cirurgião plástico utiliza o material com o qual esteja mais habituado, oferecendo dessa forma bons resultados aos seus pacientes independentemente da modalidade escolhida.

A lipoaspiração é a cirurgia mais apropriada para pessoas que se encontram próximas do seu peso ideal, apresentando apenas áreas de gordura localizada (que não desapareceram mesmo após dieta ou com a prática de exercícios físicos). Durante a sua consulta, a elasticidade da sua pele também será avaliada, principalmente, nas áreas a serem aspiradas. A presença de dobras e de estrias são sinais de perda de elasticidade, e diminuem a sua capacidade de retração após a retirada da gordura. Por este motivo, as pessoas com idade mais avançada podem não ter os mesmos resultados conseguidos em pacientes mais jovens.

As áreas do corpo aspiradas com mais segurança são: abdome, laterais do tórax, flancos, dorso, coxas, braços, regiões genianas (bochechas), região submentoniana (abaixo do queixo) e pescoço. Evitamos regiões articulares como cotovelos, joelhos e tornozelos devido ao aumento do risco de complicações vasculares.

Os exames pré-operatórios incluem: sangue, urina, radiografias, ultrassonografia abdominal, eletrocardiograma.

As anestesias mais frequentemente utilizadas são: peridural ou geral.

A duração média da cirurgia é de 2 a 4 horas, com internação por 12 ou 24 horas a depender de cada caso. Ao final da cirurgia, haverá curativos compressivos nas pequenas incisões para passagem das cânulas. O uso de drenos é mais frequente quando se associa a Abdominoplastia. A paciente terá alta usando cinta modeladora para ajudar na redução do inchaço, e manterá o uso da mesma por 60 dias.

Apesar do limiar da dor ser diferente para cada paciente, o pós-operatório é pouco doloroso. O desconforto pode ser mais evidente nos primeiros dias, e normalmente alivia com o uso dos analgésicos prescritos. Requer um repouso aproximado de 15 dias, podendo após esse período retornar ao trabalho e realizar as atividades físicas leves. Os pontos são retirados de 7 a 10 dias.

Perguntas Frequentes

Como é realizada a Lipoaspiração?

Inicia-se com a infiltração das áreas desejadas com uma solução de soro fisiológico e adrenalina para facilitar a passagem da gordura pelas cânulas e diminuir o sangramento local. Em seguida, são feitas pequenas incisões (cerca de 0,5 - 1cm) para as entradas das cânulas, planejadas para se localizarem em áreas de pouca exposição mesmo com o uso de roupas íntimas ou trajes de banho. Finalmente, após a passagem das cânulas, é feita aspiração da gordura localizada.

As manchas roxas e o inchaço da pele desaparecem após quantos dias?

As equimoses ou “manchas roxas” que surgem na pele vão se tornando mais claras com o passar dos dias até que desaparecem por volta da terceira semana após a lipoaspiração. Já a regressão do edema ou “inchaço” é um pouco mais lenta, completando-se geralmente entre o terceiro e quarto mês após a cirurgia. A Drenagem Linfática é um recurso bastante utilizado para auxiliar a eliminação do edema, assim como para diminuir irregularidades (nodulações) causadas pelo acúmulo de líquido abaixo da pele.

Após quanto tempo da cirurgia perceberei o resultado definitivo?

Normalmente, o resultado final é atingido entre 6 – 12 meses.

A Lipoaspiração pode ser considerada como método de emagrecimento?

Não. O objetivo da lipoaspiração não é o emagrecimento, e sim, remover o excesso de gordura em áreas do corpo que dificilmente respondem aos métodos tradicionais de emagrecimento (dieta e exercício físico). O resultado ideal é baseado na melhora das proporções corporais, deixando contornos mais harmônicos, não na quantidade de gordura retirada. Além disso, existe uma resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) que limita o volume máximo de gordura aspirado por sessão em 5-7% do peso corporal.

Quais complicações podem acontecer?

A lipoaspiração é uma das cirurgias plásticas mais realizadas no mundo e as complicações relacionadas são pouco frequentes, desde que exista uma preparação adequada para cada paciente. Entre as intercorrências possíveis estão: seroma (acúmulo de fluido claro), hematoma (acúmulo de sangue), infecção, trombose venosa profunda, tromboembolismo pulmonar, diminuição da sensibilidade em algumas áreas (temporária na maioria das vezes), cicatrizes hipertróficas/queloides.

O resultado da Lipoaspiração é permanente?

As células gordurosas (adipócitos) retiradas não retornam. No entanto, as remanescentes podem aumentar de tamanho caso ocorra o aumento do peso corporal, e consequentemente, o resultado da cirurgia pode ser prejudicado. É importante lembrar que a lipoaspiração não substitui cuidados como dieta e exercícios físicos. Na verdade, ela complementa o tratamento de pessoas que já possuem esses hábitos e desejam melhorar o contorno corporal.

O que é Lipoescultura?

Lipoescultura é o procedimento que utiliza a gordura retirada pela Lipoaspiração para preencher ou remodelar algumas áreas como sulcos de expressão na face, depressões causadas por cicatrizes ou para aumentar o volume das regiões glúteas (bumbum).

Todos os Procedimentos