Face
CIRURGIA PLÁSTICA DO NARIZ
Rinoplastia

O nariz é um importante ponto de referência na face e as suas características influenciam o equilíbrio global e a estética de todo o rosto, seja do ponto de vista frontal, ou de perfil. Através da Rinoplastia, ou cirurgia do nariz, podemos aperfeiçoar as proporções entre nariz e face, deixando os contornos faciais mais harmônicos, o que possibilitará uma melhora tanto da aparência, como da autoestima.

Durante a consulta, analisamos as alterações em cada uma das 3 regiões do nariz: ponta, dorso e base (narinas). Dessa forma podemos planejar as devidas correções individualmente para cada paciente. As alterações visíveis na ponta nasal (bulbosa, quadrada, longa ou caída), as curvaturas do dorso (em forma de bico de papagaio nos casos mais extremos) e as narinas largas são as indicações mais frequentes para essa cirurgia. Dificuldade respiratória causada por desvio do septo nasal associada a uma ou mais das alterações acima também faz parte das suas indicações.

Um equívoco muito comum sobre a rinoplastia é achar que você terá um nariz parecido com o de quem foi já operado pelo mesmo cirurgião, ou até mesmo que ficará com um nariz semelhante ao de alguma celebridade. Nessa cirurgia, mudamos apenas os aspectos negativos e preservamos cuidadosamente suas características positivas para manter a individualidade e a exclusividade do seu nariz. Narizes com aspecto “artificial” são pouco atraentes. E, na Rinoplastia moderna, o bom resultado é aquele que deixa uma aparência mais natural.

A Rinoplastia é um dos procedimentos mais exigentes em cirurgia plástica porque mudanças sutis podem alterar significativamente a aparência. A diferença entre um bom e um mau resultado pode ser uma questão de poucos milímetros. A avaliação cuidadosa, o planejamento, a precisão cirúrgica e os cuidados pós-operatórios são extremamente importantes.

Os exames pré-operatórios incluem: sangue, urina, eletrocardiograma, radiografias do tórax e tomografia computadorizada da face.

As anestesias mais frequentemente utilizadas são: geral, ou sedação associada à anestesia local.

A duração média da cirurgia é de 2-3 horas, com internação por 12 ou 24 horas a depender de cada caso. Ao final da cirurgia, haverá um curativo com fitas microporosas sobre o nariz. Gesso ou outros imobilizadores plásticos podem ser utilizados para estabilizar os ossos nasais, quando há necessidade de fraturá-los. Após a correção do desvio de septo nasal, podemos manter os tampões septais de silicone por 5-7 dias.

A recuperação costuma ser mais lenta quando há a necessidade de fraturar os ossos nasais, cujo tempo de consolidação é de aproximadamente 21 dias, demandando um período de maior repouso. Em geral com 15 dias pode-se retornar as atividades laborativas, e com 45 dias as atividades físicas. A regressão total do edema (inchaço) demorar cerca de 06 meses.

Perguntas Frequentes

Como é realizada a Rinoplastia?

As duas técnicas mais utilizadas são conhecidas como: aberta e fechada. Na técnica fechada, realizam-se incisões internamente nas narinas, sem deixar cicatriz externas. A técnica aberta se diferencia por adicionar às incisões narinárias uma pequena incisão de 5 milímetros na columela (a pele localizada entre as narinas).

Há algumas décadas, defendia-se a utilização da técnica fechada para casos de menor complexidade. No entanto, através da técnica aberta conseguimos observar diretamente as deformidades a serem corrigidas. A visão direta das estruturas possibilita um remodelamento mais preciso das cartilagens e um melhor posicionamento dos enxertos, levando a resultados mais duradouros. Por este motivo, passamos a utilizar preferencialmente a técnica aberta para quase todos os casos.

Qual a idade mínima para se submeter à essa cirurgia?

Quando a finalidade é estética, esperamos o término do desenvolvimento do nariz o que acontece por volta dos 14 anos de idade. Já os problemas respiratórios nasais podem ser tratados numa idade mais precoce.

É verdade que o nariz pode sangrar após a cirurgia?

Pequenos sangramentos são esperados logo nos primeiros dias sem causar maiores preocupações.

Como ficará a minha respiração?

Algum grau de obstrução nasal pode ocorrer nos primeiros dias, isto se deve ao edema na parte interna do nariz. Com o passar do tempo, tende a se normalizar.

O resultado definitivo é percebido logo de imediato?

Não. O resultado definitivo é alcançado em até 06 meses, após a regressão completa do inchaço no nariz. Alguns poucos pacientes podem apresentar uma recuperação mais lenta, e o edema pode perdurar por até um ano.

Que tipo de complicações podem ocorrer nesta cirurgia?

No tocante apenas à cirurgia, elas são pouco frequentes, porém como em qualquer outro procedimento cirúrgico podem ocorrer: deiscências das suturas (abertura precoce da cicatriz), infecção, sangramentos (hematoma), alterações na sensibilidade da pele, cicatrizes hipertróficas, quelóides (cicatrizes altas e largas), deslocamentos dos enxertos pela fibrose cicatricial. Estudos respeitados mundialmente mostram que cerca de 10-15% dos pacientes podem precisar de uma segunda cirurgia para atingir o resultado desejado.

Todos os Procedimentos