O que é a mastopexia
21 de novembro de 2016
10 dicas alimentação
21 de novembro de 2016

Rinoplastia

cirurgia plástica remodela e diminui o tamanho do nariz.

 

O que é a rinoplastia

A rinoplastia é a cirurgia plástica indicada para correção estética do nariz, existem inúmeras possibilidades: aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, afinar as asas nasais e até diminuir a giba óssea, que é com os médicos chamam o “osso” ou “calo” do nariz.

A prática da rinoplastia é bastante antiga. Estima-se que tenha sido desenvolvida entre o final do século 19 e o início do século 20. Obviamente, nos dias atuais, há um amplo conhecimento da fisiologia nasal, bem como da anatomia do segmento nasal. Com isso, há uma constante evolução das técnicas de plástica nessa região.

“Das primeiras rinoplastias, feitas por via endonasal (fechada), às chamadas exorrinoplastias, feitas diretamente na estrutura do órgão (por via aberta), houve um progresso não só em relação às técnicas cirúrgicas empregadas, cada vez mais precisas, como no que diz respeito à recuperação dos pacientes, cada vez mais rápida”, conta cirurgião plástico Gerson Luiz Júlio, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.


Indicações

A rinoplastia é a cirurgia plástica indicada para quem está insatisfeito com o formato natural do nariz. Muitas vezes a cirurgia é associada a outros procedimentos nasais, como a correção do septo nasal e a turbinectomia, que é a retirada de parte dos cornetos nasais, a popular carne esponjosa, que costuma aumentar na presença de alergias, como a rinite. A rinoplastia pode ser feita a partir dos 15 anos de idade, idade em que o desenvolvimento do facial do paciente já está concluído.


Critérios para o novo nariz

Rinoplastia

Rinoplastia

Os critérios para indicação da rinoplastia e o novo formato do nariz são a proporção e a simetria facial, através de medidas da face, sempre entendendo e respeitando o desejo do paciente.

Porém, o cirurgião plástico Wagner Montenegro, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica que a sensibilidade para notar o melhor caminho e procedimento para cada tipo de rosto não é encontrada em cálculos perfeitos, portanto, deve ser considerada a visão estética do cirurgião.

Hoje existem softwares em 3D que utilizam a foto do próprio paciente para a visualização do nariz após a cirurgia plástica, mas é importante lembrar que eles dão apenas uma noção vaga dos resultados e não a certeza de como poderia ficar o resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *